• Contribuidores

Marceloitac12  
GabrielGueds  
Beltway  
gabrielSB  

 

 » GTA:SA TDE » Notícias » Novidades » Um pouco mais sobre Beltway

Um pouco mais sobre Beltway

14/04/2012 às 15:34 | 1378 visualizações

100% 0%
http://www.residentevilsac.com.br/wp-content/uploads/2011/09/lop.jpg

NOME VERDADEIRO: Hector Hivers

AFILIAÇÃO: U.S.S Delta Team (Umbrella Security Service)

STATUS:Vivo

TÍTULOS EM QUE APARECE: Resident Evil: Operation Raccoon City

DUBLADOR: Ramon Fernandez

http://www.residentevilsac.com.br/wp-content/uploads/2011/09/Beltway-174x300.jpg

Um psicopata completo, obcecado por piadas e que viu nos explosivos uma forma de tornar suas brincadeiras um poucos mais “físicas”. Esse é Hector Hivers, de 29 anos, o especialista em explosivos do Delta Team, esquadrão que protagoniza Resident Evil: Operation Raccoon City. Acima de ser um expert no assunto, Beltway, como é chamado, realmente sente prazer em explodir as coisas.

Os problemas psicológicos do personagem são decorrentes de um profundo complexo de inferioridade. Como imigrante porto-riquenho, o pequeno Hector aprendeu muito cedo que ser engraçado e fazer as pessoas rirem era uma maneira muito eficiente de conquistar amigos e a confiança das pessoas. As brincadeiras, porém, foram se tornando cada vez mais pesadas e passaram a ter como objetivo, cada vez mais, a humilhação completa do alvo. Com isso, foi-se qualquer traço de humanidade e compaixão presente em Beltway.
Uma risada muito cara

Ao descobrir que explosões poderiam tornar suas brincadeiras muito mais divertidas – pelo menos para ele – Hector transformou sua aptidão natural em um trabalho, unindo-se ao Corpo de Engenheiros do exército americano. Apesar do trabalho desse braço das Forças Armadas se relacionar em grande parte à construção de barragens e canais, Beltway tinha outros objetivos.

Para ele, o ponto alto de trabalhar para o governo era a manipulação constante de explosivos. Hector, porém, não sabia quando parar e, em mais uma de suas brincadeiras, acabou gerando uma explosão que não lhe custou apenas a perna esquerda, mas também uma prisão. Não fosse a interferência da Umbrella Corporation, Beltway teria sido submetido à corte marcial e, provavelmente, acabaria preso para sempre.
http://www.residentevilsac.com.br/wp-content/uploads/2011/09/screen.jpg


Agora empregado da empresa farmacêutica, Beltway se tornou o especialista em demolição do Delta Team, sob as ordens de Lupo. Apesar de seu comprometimento ao trabalho ser indiscutível e de sua habilidade com detonações estar acima de qualquer questão, a Umbrella permanece com um olhar atento sobre seu agente, de forma a evitar que ele cause problemas durante as missões.
Operation: Raccoon City


Beltway e seu esquadrão chegam a Raccoon City pela primeira vez para auxiliar HUNK. A missão era obter uma amostra do G-Vírus antes que William Birkin, o cientista responsável pelo projeto, vendesse-o para o governo dos EUA. Apesar de simples, o objetivo torna-se um pouco mais complicado quando a equipe percebe que soldados das forças especiais já estão no local para garantir o andamento da negociação.
http://www.residentevilsac.com.br/wp-content/uploads/2011/10/prc-9.jpg

Ao confrontar Birkin, um dos soldados que acompanhava HUNK acaba ferindo mortalmente o cientista. Em um último gesto consciente, ele injeta o G-Vírus em seu próprio corpo e se transforma em uma gigantesca criatura, que passa a perseguir seus atacantes. Os atos também acabam sendo uma das principais razões para o vazamento dos vírus que destruiriam Raccoon City completamente.

Dias depois, o Wolfpack é enviado de volta a Raccoon City. A Umbrella considera o esquadrão como um dos responsáveis pela infecção na cidade e ordena que eles destruam completamente toda e qualquer prova que responsabilize a empresa pelos eventos. No coração da destruição, eles devem lidar não apenas com os soldados do governo mas também com as armas biológicas criadas pela companhia.

O time é o responsável por desligar totalmente o fornecimento de energia para a cidade, destruir documentos na prefeitura e delegacia de Raccoon City e reprogramar o Nemesis, criatura enviada para lidar com os sobreviventes dos S.T.A.R.S. A equipe de elite da força policial tinha informações privilegiadas que poderiam incriminar a Umbrella. A queima de arquivo também era uma ótima ocasião para a companhia testar uma de suas mais avançadas armas biológicas.

Ao final da missão, porém, a empresa farmacêutica deixa os membros do Wolfpack à própria sorte. Sem esperanças de fugirem da cidade, os agentes de elite encontram uma possível salvação figura de um novo inimigo: Leon S. Kennedy, um policial novato que mostra incrível habilidade ao sobreviver praticamente sozinho ao caos instalado em Raccoon City.
http://www.residentevilsac.com.br/wp-content/uploads/2011/06/5610287504_41ea324642_o.jpg


De posse de informações privilegiadas sobre o incidente, Leon se torna um alvo prioritário para a Umbrella e faz com que o Wolfpack volte a ser útil aos olhos da empresa. Ainda, o policial está acompanhado de Claire Redfield, outra sobrevivente da infecção, e Sherry Birkin, filha do criador do G-Vírus. Após ser infectada pelo pai, a garota recebe uma vacina e, agora, é a única pessoa a possuir os antígenos em sua corrente sanguínea.

Em uma última missão, a Umbrella ordena que o Wolfpack mate Leon e Claire, levando Sherry de volta para a empresa. Os agentes de elite, porém, já não confiam mais na empresa e enxergam a garotinha como um trunfo importante para garantir o resgate.

Não existe um final “correto” para Resident Evil: Operation Raccoon City, já que a escolha fundamental para o encerramento está nas mãos do jogador. Em uma das opções, Leon e Claire são assassinados e Sherry é sequestrada pela Umbrella. O destino do Wolfpack é incerto.

No segundo final, mais elaborado, a equipe protege Leon, Claire e Sherry das garras da Umbrella na esperança de negociar o resgate. A empresa, porém, não cede às exigências e, mais uma vez, abandona o Wolfpack à própria sorte em meio ao caos de Raccoon City. O jogo chega ao fim sem mostrar como, ou se, o grupo escapou da cidade.

Habilidades
Hector aparece em Resident Evil: Operation Raccoon City com uma perna mecânica e uma roupa protetora especial contra explosões. Quase uma armadura, o equipamento faz com que ele não seja afetado diretamente pelas explosões que causa e quase nunca seja jogado ao chão pelo impacto das detonações.

Beltway também conta com três tipos de armas especiais. A Fragmentation Mine pode ser instalada em qualquer local e é detonada ao pressionamento de um botão remoto. A Timed Sticky Explosive é uma granada que adere a qualquer superfície, evitando que o inimigo fuja da morte certa. Já a Laser Trip Mine, cujo efeito já foi visto em um dos trailers do game, causa uma explosão caso o inimigo passe por perto dela. Ainda, Beltway possui uma característica que faz com que todas as suas habilidades especiais sejam recarregadas mais rapidamente.

Créditos: Autor: Beltway Créditos: JillValentine 

Inserido por: Beltway 

Comentários & Opiniões

Avaliação:

4 avaliações até o momento.

Positiva 100%
 
Negativa 0%
 
Quem já avaliou: Deadmau5   JillValentine   willianbrasil   xinfurinfula

Comentário por Beltway (REGISTERED)

alem de ser gordo e ter perna mecanica ele até que corre bem

enviado em 30/06/2012 às 22:26

Comentário por JillValentine (REGISTERED)

Ele é legal só acho que ele é muito gordo xD

enviado em 14/04/2012 às 19:49

Comentário por Deadmau5 (REGISTERED)

Maneiro, curti esse personagem. Positivo.

enviado em 14/04/2012 às 19:27

Atenção! Somente usuários registrados poderão fazer comentários e avaliar o conteúdo, não perca tempo e cadastre-se. Caso você já seja cadastrado, clique aqui para entrar.

Entrar no Meu CG

Estatísticas

Usuários Registrados: 25717

Visitantes Online: 77

Usuários Online: 2

Total Online: 79

Usuários Online

Página Inicial | Equipe | Termos de Uso | Fórum | Chat

Criação de Sites e Desenvolvimento de Sistemas Web e Cloud em Pelotas/RS