• Contribuidores

Vinnieh  
ToObi  
Marceloitac12  
CPTNOMAD  

 

 » Crysis » O Jogo

O Jogo

18/04/2011 às 23:06 | 1382 visualizações

100% 0%
http://2.bp.blogspot.com/_Qs5R0sMWJFg/TPVi3Z_O2GI/AAAAAAAAAXY/NzSYgzim77g/s1600/Crysis+Warhead.jpg


Sim, Crysis vendeu mais de um milhão de cópias e fez o maior sucesso com a crítica. Não obstante, a Crytek acredita fortemente que sempre tem como melhorar e trazer novos ares, mesmo quando se lida com um time que já está ganhando. Assim sendo, a Crytek Budapest ficou encarregada de desenvolver um Crysis diferente que ainda deve carregar várias melhorias.

Crysis Warhead não é uma seqüência direta do campeão anterior da Crytek. Na realidade, trata-se mais de uma reformulação daquilo que foi visto, o que resultou em um jogo muito mais visceral, exploviso e, de maneira geral, intenso. Enfim, exatamente como o nome sugere — warhead é uma palavra utilizada para designar a parte explosiva de um míssil ou armamento semelhante.

Nada de sutilezas com o sargento “Psycho” Sykes

O protagonista de Warhead já é uma figura conhecida. O sargento Sykes faz uma rápida aparição no começo do primeiro jogo, só sendo visto novamente no final ostentando uma aeronave alienígena. Como esse troféu foi conquistado e o que realmente aconteceu do outro lado da ilha enquanto o Nomad avançava é o que será mostrado em Warhead.

De certa forma, muito do novo clima mais rápido, agressivo e explosivo de Warhead vem da personalidade do sargento “Psycho” Sykes, que é simplesmente o estereótipo do militar valentão sem tempo pra enrolar com papo furado. A personalidade de Sykes, entretanto, também dá um andamento bem menos pensante a Warhead: a coisa agora seré realmente “bate-corre-explode-atira”. Pode-se dizer que o estilo do jogo reflete perfeitamente a personalidade crua e intensa de Sykes. Apesar da diferença de estilo, o jogo deverá ter aproximadamente o mesmo tempo de duração de Crysis original.

Relançando Crysis

Parece que os desenvolvedores pretendem realmente uma espécie de relançamento de Crysis. E isso, sem dúvida, será fortemente auxiliado pela utilização da versão dos desenvolvedores alemães da ótima CryEngine 2. Um novo sistema de partículas e uma melhorada iluminação ambiente prometem um jogo ainda mais belo que o original (que já era de encher os olhos); mesmo os menores detalhes de uma superfície, como os poros da pele humana, poderão ser vistos sem muita dificuldade.

Apesar disso, a Crytek pretende quebrar o antigo estigma de que Crysis só rodaria em PCs de últma geração. Warhead deverá rodar com bastante qualidade mesmo em um PC mediano.

As novidades, é claro, não ficam apenas no âmbito da renderização. Também estão prometidos vários novos veículos, tanto de ataque quanto transportadores, além daqueles já vistos no jogo original (tanques, helicópteros, etc), como um novo blindado que virá com uma ampla variedade de armas. Também estará incluída uma nova submetralhadora que poderá ser segurada nas duas mãos, o que trará um poder de fogo duplicado, além de uma ampla variedade de armas personalizáveis.

O background, entretanto, continua sendo Crysis. O protagonista ainda contará com o nanosuit, o traje que confere atributos sobre-humanos (alterando a velocidade e a força do usuário) e permite a elaboração de táticas bem diferenciadas. Os campos de batalha ainda serão, é claro, grandes e bastante interativos, permitindo várias possibilidades para se esconder, fazer emboscadas ou simplesmente se recuperar de algum combate particularmente mal sucedido. Para aumentar o realismo das batalhas, os desenvolvedores também prometem uma IA (inteligência artificial) bastante melhorada (sobretudo a IA dos inimigos).

Paralelamente, ainda existe uma novidade reservada aos piratas de plantão. Levando em conta a imensa quantia de versões “alternativas” de Crysis original (aproximadamente 20 para cada cópia original vendida), a Crytek pretende incluir em Warhead uma espécie de proteção contra cópias. Entretanto, ainda não foi revelado como esta irá funcionar.

Enfim, quem gostaria de um Crysis mais “direto ao ponto”, terá em Warhead a sua chance. Além disso, o ritmo intenso e a ação bem menos pensada deve se completar perfeitamente com as melhorias gráficas, além de se valer, é claro, de um aumento considerável do já bem expressivo arsenal de Crysis original.

Imagens

http://www.servcel.info/new/manager/uploads/crysis_warhead_screenshot_6.jpg

http://www.guiagamer.com/wp-content/uploads/2008/08/cwc_3-8.jpg

http://1.bp.blogspot.com/_aN_DLMs_4T4/TFVvMy7SC2I/AAAAAAAAAYA/jUjKuKegOAs/s1600/32432_CrysisWarhead-05_normal.jpg


Gameplay

http://img.youtube.com/vi/S8-k8Islhz0/hqdefault.jpg


Créditos pelo texto: Carlos Eduardo Ferreira

Inserido por: Vinnieh 

Comentários & Opiniões

Avaliação:

4 avaliações até o momento.

Positiva 100%
 
Negativa 0%
 
Quem já avaliou: CPTNOMAD   JillValentine   Alan035   Vinnieh
Atenção! Somente usuários registrados poderão fazer comentários e avaliar o conteúdo, não perca tempo e cadastre-se. Caso você já seja cadastrado, clique aqui para entrar.

Entrar no Meu CG

Estatísticas

Usuários Registrados: 25516

Visitantes Online: 21

Usuários Online: 2

Total Online: 23

Usuários Online

Página Inicial | Equipe | Termos de Uso | Fórum | Chat

Criação de Sites e Desenvolvimento de Sistemas Web e Cloud em Pelotas/RS