• Contribuidores

Marceloitac12  
Tommy  
Vinnieh  
Kazi  
Free Bird  
ToObi   Deadmau5   Will   Leeo7X   Eduardo Campos   MCDERY  

 

 » Call of Duty » História

História

18/04/2013 às 20:55 | 3517 visualizações

100% 0%
Confira abaixo a história de Call of Duty Black Ops. A história será dividia em partes para melhor entendimento:

Parte 1:

Em 25 de fevereiro de 1968, o soldado do Grupo de Estudos e Observações (SOG) Alex Mason está sendo interrogado por captores "invisíves ". A maioria do jogo se passa entre 1961 e 1968. O jogo começa com Mason e sua equipe, composta por Frank Woods e Bowman, na realização de uma tentativa de assassinato contra Fidel Castro durante a Baía dos Porcos em Cuba, no dia 17 de abril de 1961.

Mason aparentemente teve sucesso na execução do assassinato, mas a saida da equipe do país vai mal e Mason tenta conter o exército cubano para evitar que o avião de seus amigos seja abatido. Mason é capturado e é revelado que ele realmente matou um dublê de Castro.

Parte 2:

Após formar uma aliança com a União Soviética, Castro entrega Mason ao general Nikita Dragovich. Mason é, então, mantido em cativeiro em um Gulag, uma prisão chamada Vorkuta por dois anos. Durante sua prisão, Mason faz amizade com Viktor Reznov, um prisioneiro que serviu no Exército Vermelho . Reznov diz a Mason as identidades das pessoas envolvidas com sua captura e tortura em Gulag : Nikita Dragovich, Lev Kratvechenko, e um ex-cientista nazista, Friedrich Steiner.

Todos os três têm uma conexão com Reznov: em outubro de 1945 Reznov - juntamente com Dragovich, Kratvechenko e Dimitri Petrenko faziam parte de uma unidade enviada para localizar Steiner um nazista alemão membro da Waffen SS que expressou a vontade de desertar para a União Soviética. Durante o curso da operação, Reznov foi traído por Dragovich e Kratvechenko, que usam a criação de Steiner, um agente quimico conhecido como "Projeto Nova" em Dimitri Petrenko para testar a sua eficácia.

Pouco depois, Reznov e preso e enviado para Vorkuta. Mason e Reznov reunem os prisioneiros e lideram uma rebelião para escapar do Gulag, mas apenas Mason consegue escapar. Porém, Reznov afirma que o plano era somente para Mason escapar.

Parte 3:

Um mês depois da rebelião, o presidente John F. Kennedy autoriza o assassinato de Nikita Dragovich. Em novembro de 1963, Mason, Hudson, Woods e Bowman são enviados para Baikonur no Cazaquistão para destruir o programa espacial soviético, resgatar o agente Russo da CIA Grigori Weaver e eliminar membros do programa de Ascensão Soviética.

KGB fingem a morte de Dragovich, levando Mason a caça-lo pelo mundo nos próximos cinco anos. Em janeiro de 1968 - quatro anos após a missão de Baikonur - o Grupo de Estudos e Observações é enviado ao Vietnã para investigar a presença dos soviéticos no Estado comunista. Depois de proteger Khe Sahn do Exército norte-vietnamitas, o SOG é implantado em Hue City durante a Ofensiva do Tet . Seu objetivo é recuperar um dossiê feito por um desertor sobre Dragovich. A equipe recupera o dossiê, enquanto Mason encontra Reznov novamente.

Parte 4:

Durante o curso da campanha do Vietnã, as linhas do diálogo de Mason comprovam que ele está mentalmente instável, e que talvez Reznov não exista. A equipe SOG penetra em Laos, tentando recuperar um carregamento de um avião de carga Soviética, que revelou ser o agente Nova-6. A missão vai mal sucedida e faz com que Mason, Woods, Bowman, e Reznov sejam capturados. Os quatro fogem da prisão e conseguem matar Lev Kravchenko, mas Bowman e Woods morrem.

Uma semana depois da missão em Laos, Hudson e Weaver interrogam o Doutor Clarke, um engenheiro químico britânico que ajudou na produção do Nova-6 em Kowloon depois que os russos não foram capazes de aperfeiçoá-lo. Clarke atua, identificando Freidrich Steiner, revelando parte da conspiração, e uma unidade de produção de Nova-6 nos Montes Urais.

Clarke é morto pelos Spetznaz. Hudson e Weaver, em seguida, vão até os Montes Urais para destruir as instalações de fabricação e para prender Steiner. Enquanto a instalação é destruída, Hudson recebe uma transmissão de Steiner na base para encontrá-lo na Ilha do Renascimento no Mar de Aral, para saber como parar a transmissão de números, que foram codificados por agentes soviéticos na América com a intuição de liberar Nova 6 nos centros populacionais.

Parte 5:

Mason e Reznov, vão para a Ilha do Renascimento para assassinar Steiner, por sua vez Reznov acredita que a CIA quer Steiner e o Nova-6 para si. Reznov executa Steiner, mas em testemunho Hudson diz que foi Mason, pois Reznov é uma figura da imaginação de Mason.

É neste ponto que a história eclode na cena de abertura, e Weaver e Hudson são revelados como interrogadores de Mason. Hudson percebe os efeitos da lavagem cerebral de Dragovich em Mason, e nota que ele é o único que entende os números de emissões, tornando-se um agente Soviético adormecido.

O interrogatório de Mason destina-se a quebrar as barreiras postas em prática por Dragovich, mas quando elas não tem êxito, Hudson libera Mason. É revelado que Viktor Reznov realmente morreu durante a rebelião em Vorkuta e que as visões de Reznov foram o resultado de um transtorno de personalidade dissociativo de Mason, um subproduto da sabotagem de Reznov no programa de lavagem cerebral de Mason. Mason decifra os números, revelando a localização de um navio de carga russo chamado Rusalka ao largo da costa de Cuba.

Parte 6:

No início da madrugada Hudson, Mason, Weaver lideram um ataque à Rusalka, onde Mason e Hudson se infiltram uma estação de transmissão subaquática protegida pelo navio. Confirmando que a Rusalka é a estação de números, Hudson chama a Marinha dos EUA para destruir o navio e sua base submarina, uma estação soviética que Dragovich pretende usar como ponto de partida para uma invasão dos Estados Unidos após a seu ataque com Nova-6.

Mason insiste em ir, mesmo depois de Dragovich estar supostamente morto, ele quer se certificar de que o vilão realmente está morto, e Hudson concorda. Os dois penetram nas defesas da estação. Mason consegue matar Dragovich, afogando-o. Com o fim da batalha, Hudson e Mason nadam para a superfície, com os destroços do Rusalka afundando - destruído pela Marinha -. Weaver declara que finalmente a guerra acabou e que eles ganharam, mas uma transmissão de números é dada, o que implica que a estação de transmissão permanente já tinha sido instalado algum tempo antes a destruição de Rusalka.

Parte 7:

A história corta para imagens de arquivo do presidente Kennedy, antes de seu assassinato, com a emissora e Mason, narrando números aleatórios. Depois de um segundo vídeo, através das imagens de arquivo, a câmera dá um zoom na cara de um indivíduo, com as palavras finais de Mason mencionando: calibre "6.5 mm", "22/11" (22 de Novembro), "Texas", código "Ascensão", insinuando que Mason assassinou Kennedy.

Créditos: GameVicio

Inserido por: Marceloitac12 

Comentários & Opiniões

Avaliação:

3 avaliações até o momento.

Positiva 100%
 
Negativa 0%
 
Quem já avaliou: Marceloitac12   Kazi   Free Bird
Atenção! Somente usuários registrados poderão fazer comentários e avaliar o conteúdo, não perca tempo e cadastre-se. Caso você já seja cadastrado, clique aqui para entrar.

Entrar no Meu CG

Estatísticas

Usuários Registrados: 28670

Visitantes Online: 65

Usuários Online: 0

Total Online: 65

Usuários Online

Página Inicial | Equipe | Termos de Uso | Fórum | Chat

Criação de Sites e Desenvolvimento de Sistemas Web e Cloud em Pelotas/RS